A importância do uke na prática do Aikido

Ataque sincero Aikido

Um ataque sincero do Uke possibilita um bom treino para ambos.

Tai no Henko

Tai no Henko – ataque sincero

Durante a prática do Aikido é muito importante a participação do uke. Ele é o praticante que propicia um ataque para que seu colega nague (aquele que executa a técnica) pratique, durante os treinos, os movimentos de defesa. Estes papéis estão constantemente se alterando, durante a aula, um ora é nague, ora é uke. E este é, guardada as devidas proporções, um misto de partner de dança, com um sparring de Boxe. Esta comparação tem por objetivo facilitar a compreensão do que seria a função de um uke no ambiente do Aikido.

Constantemente se observa a importância unilateral e desproporcional que os praticantes dão para seu papel de nague, não percebendo que este praticante não poderá realizar um treino satisfatório sem o esforço solidário de um bom uke.

Muito antes de tentar aprender a executar bem os movimentos de defesa, devemos aprimorar os nossos ukemi, a arte de cair. E nos esmerar em executar bem os movimentos de ataque (shomen uti, yokomen uti, kata te tori…), com perfeição e realismo, sem displicência, evitando opor resistência desnecessária. Mas, por outro lado, não exagerando nesta atitude e sendo demasiadamente mole. Devemos buscar o equilíbrio nos nossos movimentos e a harmonia com nosso colega de treino. Procuremos portanto desempenhar com seriedade e esmero este papel, assim procedendo teremos todos bons companheiros de treino e estaremos praticando um bom e saudável DO.

Ataque sincero Aikido

Um ataque sincero do Uke possibilita um bom treino para ambos.

Reside aí um dos elementos que distingue visceralmente o Aikido das outras artes marciais. Ele foi concebido de uma forma que só é possível alguém crescer dentro dele com a participação do outro. Eis porque o Aikido não é um caminho solitário, e sim uma via solidária. Durante a prática deste DO a aceitação do outro, o amor ao próximo, o respeito, assim como outras expressões, deixam de ser apenas palavras para serem, necessariamente praticadas, porque devem ser manisfestadas no corpo, e não ser apenas mais um discurso intelectual e mental. A prática deve estar sempre banhada pela luz da harmonia.

Necessitamos treinar sempre com harmonia e buscando a perfeição dos movimentos, pois eles só ficarão definitivamente impressos no cérebro após anos de treino e milhares de repetições. Então assim, eles estarão para sempre à disposição, para uso imediato, sem necessidade de pensar conscientemente para realiza-los.

Como o aprendizado se dá através de repetições é fácil perceber que estas devem ser efetuadas com precisão. Seria como gravar uma música com sons externos a ela, interferências. Quando fossemos reproduzi-las não obteríamos uma reprodução fiel. Esta é a razão pela qual, para praticarmos um Aikido necessitamos de bons ukes.

por Vargas Sensei
originalmente publicado em GIRI, ano III, N2, OUT de 1995

Ficou com dúvidas sobre os significados de algumas palavras? Acesse nosso Glossário.